quinta-feira, 31 de julho de 2014

Dramas existênciais


Ter o cabelo comprido com este calor mata-me. Tenho pena de o cortar, mas assim fica difícil.

3 comentários:

Blanche Cérise disse...

Eu cortei o meu em fevereiro e foi o melhor que eu fiz :) Há dias em que acordo um bocado despenteada, mas normalmente nem me preocupo muito com isso!

Beijos*

Gatas Sem Bigodes disse...

Como eu te compreendo. Tenho de andar muitas, muitas vezes com ele apanhado senão não há corpo que aguente com o calor no pescoço! Mas também cortá-lo... Naaa, não é opção!
Maria

Princesa Jasmine disse...

Também sofro desse mal. Era bom que inventassem qualquer coisa de pôr e tirar. Assim quando estava calor ou conforme o nosso estado de espírito ponhamos como nos apetece-se.

Flickr Images