sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Me, myself and I


Pois que uma 'ssoa já não vai para nova (a sério, a forma como as pessoas me andam sempre a perguntar então e tu, quando tens filhos?) e ficam com um ar de preocupadas quando eu digo "não tão cedo",  relembra-me que é um facto... o tempo passa e daqui a nada estou nos 30.

Como tal os meus objetivos, neste momento, são outros...

Primeiro ver se ponho ordem neste corpitxo e se faço exercício, primeiro porque preciso devido à minha mutação genética e profissão sedentária e segundo porque os 22 já lá vão há muito tempo e amigos já nada é o que era.

Outro objetivo é andar sempre com as unhas em condições. Se me agrada o preço da manutenção das unhas? Não... Se me agrada ter que andar sempre a fazer marcações e a deslocar-me para ir fazer as unhas? Não... Como tal estou a dar uso à máquina UV que o meu namorado me deu e a fazer gelinho, coisa simples e básica. Ele diz que eu demoro 2 horas de cada vez, é possível que seja verdade, que aquilo dá trabalho, mas acho que nesta fase não se justifica outra coisa! Está assim e está bom!

Depilação a laser era o objetivo de 2018 que, por outras prioridades foi arrastado para 2019. Janeiro tive imensas despesas então fevereiro foi o mês. Comecei ontem, jesus meu pai, há zonas em que não dói nada e há outras em que me questionei "eu não consigo suportar isto, foge daqui mulher". Já não me lembrava que em algumas zonas dói para xuxu. "Vamos a ver", estou a fazer laser alexandrite nas axilas, virilhas e meia perna e a rezar aos deuses dos burlados para que saia qualquer coisa daqui, para além dos 100€ que voaram da minha carteira. Vamos ter fé! Vou contando aqui o feedback.

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Comprinhas decoração da sala





Compramos esta mesa do IKEA. 55€
Muitas pessoas optam por pintá-las, eu estou tentada mas ainda não me decidi, provavelmente mais vale estar quieta...


Este ananás na Moviflor. Campanha de isenção do IVA no fim-de-semana, 9€


Este porta-velas no espaço casa a 9,99€ e a vela no DeBorla a 3,5€
(O tapete já tinhamos comprado no IKEA)


Este kit de vela e ambientador a 6€ + o espelho por baixo no Espaço Casa a 1,99€


quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Em remodelações

home, interior, and decor image

Compramos um sofá, um tapete e 4 cadeiras. Com o sofá o mais certo é termos que mudar a mesa de centro, já me estou a mentalizar porque o espaço é pequeno e o sofá é enorme.

Cada vez gosto mais de cores claras, linhas direitas, ambientes minimalistas e cuidados.
O problema da arrumação persiste. Morar num t1, convenhamos, é daquelas lutas, mas é um esforço que acredito que faça sentido. O espaço é pequeno então pelo menos que seja confortável.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

A causa das coisas

fashion, style, and outfit image

O meu desejo para 2019 é, sem dúvida, continuar a ter os meus comigo. É um medo que me acompanhava muito em miúda, uma vez que os meus pais eram/são mais velhos dos que a maioria dos pais dos meus colegas, e que agora também se tem tornado mais recorrente. Dar-lhes valor e ter a minha família "comigo" é assim dos maiores desejos.
Entretanto fiz anos, os 30 estão ali ao virar de 2 esquinas, por um lado assusta-me por outro é a tal questão: "olha estamos vivos já não é mau".

A ideia era começar a "treinar". Quem diz treinar diz fazer qualquer coisinha que seja. Tem que ser, não há volta a dar. A meta é 3 vezes por semana. Tenho feito aulas de IPT, Step e treinos livres.

A ideia também é perder peso, como se torna uma constante. Não é que tenha excesso de peso, como podem compreender, mas sinto-me melhor com menos. Estamos a fazer progressos nesse sentido. Tenho eliminado ao máximo a junk food, isto porque lá está... os anos pesam e percebo que há certas coisas que me sabem lindamente, mas que depois me caem super mal. Não vale os 30 segundos na boca pelas horas de indisposição. É difícil fazer dieta sobretudo quando em casa há de tudo o que é do pior: batatas fritas, chocolates aos pontapés, enchidos, etc. Tenho sido mais forte do que isso.

Um objetivo, vamos ver se é desta, é fazer depilação a laser. Tenho adiado e adiado porque surge outras prioridades, tudo e mais alguma coisa, mas let's face it, já só eu e mais 2 almas à face da terra ainda não fizeram e está mal. Vamos ver se é o ano.






segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

2018

O ano que passou foi um ano feliz. Um bom ano.

Chegamos a 2019 vivos, o que por si só é espetacular. Nem sempre damos muito valor, mas só o facto de nós e dos nossos estarem vivos e com saúde já é motivo para festa, da grande. 

Tentamos poupar dinheiro, não sei se fomos muito bem sucedidos, mas pelo menos a intenção estava lá.

Juntamos as contas. Todos os nossos tostões estão virtualmente em amena cavaqueira neste mesmo instante. Daqui para a frente vamos conseguir perceber se efetivamente conseguimos poupar e quanto.

Compramos um carro. Foi "a" decisão. Ficamos fartos da CP, dos autocarros, das greves, dos períodos escolares e vai daí e compramos um carro. Com as nossas famílias longe precisávamos de um carro que aguentasse as viagens. Ao todo temos 3, dois velhinhos para a cidade e um para as viagens. Todo um novo mundo de despesas com selos e seguros contra todos os riscos e tudo e tudo.

Compramos um sofá. Parece banal, mas só nós sabemos como é alapar um rabo num "sofá" quase sem enchimento, super desconfortável durante mais de 2 anos. Mudamos isso e compramos um sofá quase maior do que a nossa sala, mas tudo bem. Devem entregá-lo no início de fevereiro.

Foi o ano em que o meu afilhado me chamou "madinha" pela primeira vez. E eu derreti.

Foi o ano em que fomos a Barcelona, a São Miguel e que cumpri o sonho de ir a Londres. Foram viagens que me acrescentaram muito. Sou feliz a poder conhecer museus, a passear nas ruas, a admirar as paisagens incríveis que temos por este mundo fora.

Foi o ano em que o namorado passou a fazer prevenção durante a noite, o que o obriga a trabalhar uma semana por mês, sempre que for solicitado.

Os meus pais conheceram os pais do namorado, 8 anos depois, estava difícil mas aconteceu e acho que se deram bem. Score!

Moro com o namorado há 2 anos. Para quem dizia que não queria morar junto antes de casar... suck it. Só para verem que as vezes a vida leva-nos para onde ela quer, independentemente do que achávamos.

Foi um ano em que tivemos trabalho, saúde (tirando pequenas situações), viajamos, estivemos com a nossa família e em que fomos felizes. Se 2019 não for melhor, então que seja igual. 


quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Outfit do Jantar de Natal (com foto)


E já agora... Estou de férias. Yupiiii!
Boas festas xuxucos!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Outfit jantar de Natal



Eu rejo a minha vida por regras basilares, uma delas diz:

- Não comprarás nada que em 15 dias ficará em saldos e a metade do preço.

Contudo quebrei esta velha máxima por causa do jantar de Natal da empresa. Não tinha assim nada de incrível para vestir, quando todas as minhas colegas já andam num sururu tremendo. Pensei, refleti... e pronto decidi comprar um top que marca posição, assim uma statement piece e uns brincos. Porque a ideia é levar blazer e calças de fato e salto preto, tudo muito básico à excepção destas duas peças mais fortes.
O top está a cerca de 15€ e os brincos a 6€ porque estão com um desconto de 20%.
Uma vez que depois só entra para saldos uma parte pequena da coleção e muitas vezes, no início, com descontos muito mixurucas vai que perdi a cabeça.

É imaginar o top por dentro das calças e um salto em vez daquela boca de sino e bota medonha na imagem. Confesso também que adoro o padrão de cobra, ado-ro, o de tigre nop não gosto nada, mas deste gosto muito, vi toda uma coleção lá de carteiras e clutches com este padrão que não comprei (para não ir versão árvore de natal deste padrão). Eu desconfio que esta coleção não vá entrar em saldos assim já já, porque está muito virada para o ano-novo e tal por isso babes, não há crise, eu espero por vocês nos saldos de verão. Uma carteira dessas eu quero, mas só em saldos.

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Megan Markle



Uau! Que grávida fantástica e que ar de felicidade.

Do facebook

Aceitei um convite de amizade de uma jovem que eu não conheço, mas que casou e que tem um filho com outro jovem de quem eu me lembro dos tempos de escola e que mora relativamente perto da minha terra.
Não é por nada, mas aceitei há pouco tempo e desde então já me apareceram mil feeds com ela a perguntar o preço de tudo, tudo o que é páginas de roupa, acessórios e tralharia em geral ela vai lá pedir o preço. Temo que não tenha muito que fazer e que o seu trabalho seja "shoppaholica do facebook".
Não é por nada mas da próxima vez que me cruzar com o marido vou, inevitavelmente, pensar: Coitado, bem tens que trabalhar xD... 
O que me leva a crer que por detrás de uma mulher de passa a vida em busca de coisas para comprar está um homem que ou trabalha muito ou que acabará falido, endividado ou emigrado (que na minha terra acontece muito).

sábado, 8 de dezembro de 2018

Casados à primeira vista #4

Dizia eu no outro post:
"Estou a ver a Ana querer terminar, ele concordar, e depois aparecer-lhe em casa como se não tivesse acontecido nada, já com a lista de eventuais nomes para os futuros filhos..."

´

E a TVmais desta semana avança: "Pesadelo após separação - Ana perseguida por Hugo"...
Não era nada previsível... Estou mesmo surpreendida... (not!)

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Final countdown

christmas, poshinsta, and christmas tree image

Ora entramos em contagem final para o Natal e Fim do Ano.
E também para o quê, o quê? Fééérias. Faltam 2 semanas mas a minha mente já está focada nos ferreros, na comidinha da mãe, no quentinho da lareira. Por outro lado, o namorado trabalha o que trama um pouco as coisas. Temos que decidir também onde passamos o fim-do-ano... tarefa que não será fácil.

A ver... a ver...

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Casados à primeira vista #3


Que belos serões de entertenimento me tem rendido este programa.   


Daniel e Daniela
Fazia-nos confusão a todos aquele mimimi desde o início, é um facto. Gostamos de ver as pessoas bem, mas assim tão alapados era coisa para fazer assim uma pequena confusão. O Daniel nunca me enganou, se me tivessem emparelhado com ele no programa eu tinha fugido no mesmo momento em que começou a aquela dança ridícula, no dia do casamento. Alerta psyco, alerta psyco! O facto de ele falar só com o lábio inferior também não me faz sentir muito mais confiança. Aquelas saídas repentinas à drama queen quando a Daniela diz qualquer coisa que seja também não ajudam. Parece que ou a Daniela mantém o discurso estudado e aprovado por ele ou então lança aquele olhar matador de quem está a pensar "dead to me", "já nunca mais nada será como antes" e sai da mesa. Parece uma diva que leva a mal quando é contrariada. Credo!
Gostei bastante da parte em que ele ontem disse qualquer coisa como - Eckk...Não estou nesta fase com a Daniela, não estou apaixonado, mas quero continuar a aprender mais para e para melhorar as relações futuras... Boa, é mesmo assim que se conquista uma mulher. O que toda a mulher quer é aperfeiçoar o homem, para a namorada seguir já não ter que se preocupar. 
Já a Daniela podia ser muito bem a tia afastada da Floribela.


Graça e Zé Luís
Simpatizei logo com estes dois e era neles que residia a minha esperança. Residia, já não reside.
Se, no início, achei a Graça moderna e de espírito-livre para alguém da sua idade, agora já não posso com a conversa de que "ele não me salta para cima" e eu não posso viver a minha vida assim. "Eu fiz-lhe uma massagem e ele não sentiu nada". Primeiro eu acredito que se estás a receber uma massagem e tens 3 câmaras viradas para ti e 4 assistentes técnicos, anotadores, maquilhadores mesmo ao lado do teu bigode, das duas uma ou tens experiência em filmes porno e aquilo não te perturba ou se não tens é coisa para não entusiasmar ninguém.
Eu acredito também que se a Graça fosse um homem estavam todos muito ofendidos por aquele indivíduo estar sempre a dizer que lhe quer saltar à espinha e ela nada. Ui, já estou a ver as Capazes todas indignada, é um insensível, um velhote que só pensa em sexo e bláblá. Como é uma mulher já está tudo bem. Não concordo. Mal de nós se tivesse num programa, visto por Portugal inteiro, em que mal se acaba de conhecer a pessoa e só porque estamos a conviver à 4 semanas que já tinha que haver forrobodó constante. Graça se é esse o objetivo informo que a nova edição da Casa dos Segredos está para começar em breve, é melhor apressar-se...
Que se peça atenção e carinho eu concordo, agora no resto cada pessoa tem velocidades diferentes. A Graça assemelha-se ao Hugo nesta questão e está sempre a relembrar e a insistir em algo que deve surgir naturalmente, apenas e só se os dois quiserem. Se as coisas não acontecem não é a forçar que a coisa lá vai.


Ana e Hugo
Eu bem disse que não ia correr bem ele pedir uma mulher areia de mais para o camião dele, porque ele depois não ia ter onde carregar aquela areia toda. Pois é... Foi o que aconteceu. Não sei muito bem o que é que a Ana ainda está a fazer no programa, quando ela já percebeu que dali não sai nada. Ele ainda acredita que os astros vão se alinhar e ela vai descobrir que ele é o homem da vida dela e vão ter 3 filhos, para irem meditar em família para o Budapark todos os sábados de manhã. Ele fala tanto e diz tantas coisas sem sentido "in the name of love" que até os U2 ficariam envergonhados, eu que se eu fosse a Ana vivia mortificada de vergonha alheia. Jesus, meu pai. Ele diz que daqui a meio ano vai ser só músculos, uiiihh, atenção mulherada que grande partido que vem aí, é só esperar entre 6 meses a um ano e está garantido. Bem, verdade seja dita, o Hugo tem algo que as mulheres reconhecem e procuram: tem um bom coraç... apartamento. O que pode ajudar a suportar aquela enxaquecazinha que ele provoca, quando começa a debitar a sua opinião e em como a culpa é da Ana, ela é que não quer ser feliz, a Ana é que não o deixa exprimir-se e como ela é também a causa do aquecimento global.
O Hugo parece daqueles piolhos persistentes dos jardins de infância, em que descobrem um "porto de abrigo" e não querem largar nem por nada. Estou a ver a Ana querer terminar, ele concordar, e depois aparecer-lhe em casa como se não tivesse acontecido nada, já com a lista de eventuais nomes para os futuros filhos.


No próximo post vou falar do Cláudio e "do seu emocionante reencontro como seu primo, que não via faz mais de 2 semanas". Que foi quase tão bom como o da outra que não sabe onde fica o Douro.

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Viagens - o verdadeiro desafio

Há vários desafios no que toca ao tema viagens:

Convencer o namorado.
Arranjar viagens baratas, mas tipo mesmo mesmo baratas.
Arranjar um Airbnb com 3 B's: baratinho, bom e bem localizado.
Planear ao detalhe a viagem para não andarmos perdidos.
Alugar carro vs transportes públicos.



Vários desafios, vários, mas o maior de todos vai ser mesmo conseguir enfiar todas as minhas coisas numa mala 40x20x20cms. Esse é que vai ser o verdadeiro desafio. 

Thanks #Ryanair...

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Enfim... mulheres


Ontem estava a sair do meu trabalho quando estavam 3 colegas minhas reunidas e eu passo para me despedir. Uma delas, que faz planos em ser mãe rapidamente, partilha que estavam a conversar sobre  engravidarmos as 4 para o ano, como se fosse uma coisa que se planeia em grupo, como uma ida às compras. :D
Ora ora ora... calculo que não fosse grande ideia, primeiro porque iríamos causar um AVC ao nosso patrão - mas seguramente, que ele já não lida lá muito bem com isso imaginem 4 - bem como apressei-me em dizer-lhes que não podia entrar nesses planos, uma vez que depois "o padre não me baptiza a criança", só para me desmarcar porque não faço intenções de ter filhos para já, muito menos em ser mãe solteira e chutei a bola para as outras duas. 
Uma delas diz o mesmo que eu, que não pode ser antes de 2020, uma vez que o namorado diz que vão casar nesse ano, mas diz ela que anel que é bom ainda nada. Que está à espera que ele aproveite a campanha da easyjet. (Que para quem não ouviu passa na rádio e diz qualquer coisa como para aproveitar a campanha deles e fazer o pedido de casamento num destes 3 destinos "no cimo da torre eiffel ou num passeio de barco pelos canais de amesterdão ou no london eye")

Eu conhecia a campanha e percebi o que ela estava a dizer e fiz o exercício em voz alta:
Já subia à Torre Eiffel - nada
Já passeei nos canais de Amesterdão - nada
Já subi no London Eye - nada

Está visto que podia ser épico mas já não foi, dizia eu a rir-me. Ao que uma colega diz... "sabes... devias dar-lhe um toquezinho (pausa para reflectir) quer dizer... acho que toquezinho já não é suficiente, tem que ser um valente empurrão... de um quarto andar.

Pois.. é facto. Mas depois chego a casa e ele fez-me um jantarzinho ótimo e pronto não vale a pena magoar ninguém, e já agora aproveito só para dizer que homens: se vocês acham que têm alguma escolha sobre quando ter um filho desenganem-se, as mulheres são muito competitivas e não é à toa que há amigas/primas/colegas de trabalho a terem filhos em alturas próximas... 

Não seremos todas, mas que as há... as há...

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Ainda sobre a Black Friday...

Compramos um aspirador.
Ainda não tinhamos um aspirador e vai na volta foi desta vez.
Estava na staples um a 39,99€, usei um cartão de desconto que me enviaram para casa de 10€, ou seja ficou a 29,99€, esse mesmo cupão trazia outro de 5€ caso atualizasse os dados no site da staples, que fui logo fazer, e ainda fiquei com cerca de 10€ em desconto numa próxima compra por ter adquirido o aspirador. 

Nada mau...
#forretas #agarrados #seeunãosouaqueendasforretasnãoseiquemserá

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Next stop: Malta


Viajar é das coisas que mais gosto de fazer, mas é um "vício" relativamente recente. A primeira viagem de avião que fiz foi há pouco mais de 5 anos, uma vez que antes era absolutamente incomportável a nível familiar poder fazê-lo. O meu pai nunca tirou férias durante os mais de 44 anos que trabalhou, quanto mais viajar. Era algo absolutamente fora de cogitação.

Como tal é um privilégio recente mas que me faz muito feliz. Acho que nunca pensei muito nisso enquanto crescia, mas sempre soube que gostava de poder fazer quando fosse possível. Apesar de não ser um pensamento ou idealização constante, uma vez que viajar também não era algo comum numa aldeia perdida no interior do país. Acho que, desde sempre, o único sítio que idealizava ir era a Londres. Algo sempre me fascinou e mesmo depois de lá ter ido continuo com o vontade de voltar.
Acho que viajar é um privilégio e acho uma injustiça que seja tão pouco acessível para muitos.

Por isso, aos poucos e poucos eu e o namorado vamos tentando ir descobrindo pequeninos pedaços deste mundo tão grande e tão cheio de coisas incríveis. Acordamos que íamos moderar e muito nas viagens, por causa da compra do carro, mas acredito que é algo que vamos continuar a fazer quando possível.

A próxima viagem é a Malta... falta mais de meio ano mas eu já estou feliz desde que comprei as viagens. Adoro viajar e adoro todo o processo que envolve a viagem é algo que realmente gosto de fazer e de preparar. Como tenho o máximo de respeito pelo dinheiro, pelos motivos que escrevi acima, andei a monitorizar os preços das viagens durante 1 mês e agora na black friday baixaram 20€ e decidimos avançar.
Quanto à questão do alojamento... Só comecei a usar o Airbnb depois da recomendação no Blog A maçã da Eva e comecei a pensar "então se ela que tem imenso dinheiro para gastar confia então é porque deve ser uma plataforma segura" e até agora só temos tido ótimas experiências, claro que o valor que paguei foi porque usei um código de desconto de 30€, que amigos... dá um jeitaço. Se precisarem de códigos para escapadinhas aqui fica o meu.

Visto isto acordamos também desta vez ficar num Airbnb, que já está marcado e amigos... consegui 4 noites por 72€. Se gostava de ficar num hotel fantástico com vista para o mar? Claro. Uma colega do namorado ficou num resort e pagou 400€, mas prefiro prescindir das comodidades de um hotel e poder gastar mais em experiências. Convenhamos... nós certamente vamos sair de manhã e voltar à noite para poder conhecer as várias ilhas, por isso seria um luxo que pouco iríamos usufruir e que caso quiséssemos aproveitar iríamos certamente conhecer menos daquele país. Por isso, estamos tranquilos quanto à escolha.

O único problema é não ser já amanhã :D...

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Black Friday

Oportunidade vs urgência em gastar/ter
Acho que estamos numa fase em que se tem grande urgência em ter... e fico feliz de não ter estado no meio de um mar de gente aos empurrões como aqueles que vi nos vídeos que circulam. Acho um pouco demasiado esta febre e se, por um lado, eu sou toda a favor de se aproveitar uma boa oportunidade e um bom preço acho também que já estámos a cruzar a fronteira do civismo com estas campanhas que promovem estas enchentes e filas, que normalmente apuram o que de pior há no ser humano, é um salve-se quem puder.
Nós por cá ainda não gastamos grande coisa. A única coisa que compramos até agora foram as viagens para as férias de verão do próximo ano, na cybermonday. Não tivemos um desconto incrível, nem um preço nunca antes visto, mas foi cerca de 20€ menos que o habitual e uma vez que ando há um mês a acompanhar a evoluçao dos preços estes eram, de facto, os preços mais baixos.
Também concordamos que este ano nos íamos conter nas prendas de natal uma vez que este ano foi o ano em que compramos um carro e a coisa, por si só, já implica uma melhor gestão da nossa parte.
Ainda estou para ver como é que isso se vai suceder, cá para mim tenho as minhas dúvidas e acho que vamos gastar o mesmo de sempre, mas pronto estamos a acreditar que vamos conseguir (not really).   

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Escolhi a profissão errada, for sure.

fashion, girl, and beauty image


Ora ora, por aqui temos por hábito ajudar na preparação do jantar de Natal da empresa e eu tenho andado a procurar soluções de animação de eventos para o mesmo e é aqui que me deparo com uma realidade, um submundo que desconhecia...
Questionamos um conhecido para fazer stand-up e ele pediu-nos a módica quantia de 3500€ por 40 a 60 minutos de piadolas. Amigos 3-5-0-0 €. E dizem vocês: "É porque escolheram o Nilton ou o Ricardo Araújo Pereira ou Marco Horácio ou aquele de rio tinto que diz asneiras (entretanto já me lembrei - o Fernando Rocha) ou o Bruno Nogueira" Não babes, nenhum desse nível, é um daqueles que já só aparece na TV muuuuito pontualmente e que é natural de cá, ou seja todas as despesas inerentes e de logistica seriam à partida mais reduzidas.
Eu desconhecia esta realidade onde alguém ganha 3500€ à hora, sem ser a traficar rins ou a gerir um banco privado ou outros negócios que tais, cuja proveniência do rendimento pode levar a passar uns anos a ver o sol aos quadradinhos.

Esquece, aborta a missão. Nem pensar.

Procuramos então um par de danças de salão até que nos deparamos com inúmeros orçamentos de 200€ a 300€ por "3 a 5 minutos" de atuação. Três minutos... T-r-ê-s. Nem fiz as contas quanto é que isso dá à hora.

Ai de um futuro filho me que me diga que quer seguir ciências, saúde, engenharia que eu digo logo, "então mas estás parvinho? vais é para youtuber ou fazer stand up" que eu não vou andar a criar um filho para ele fazer más escolhas na vida.

E por via das dúvidas vai ter aulas de salsa aos sábados em vez da catequese...

domingo, 4 de novembro de 2018

Adopto gatos... 20 no máximo...

Estava no site da Ryanair a falar com o namorado sobre as férias do próximo ano.
Ele: Colocas a opção de férias com tudo incluído?
Eu: Não... Já te tinha dito que acho melhor não...
Ele: Por achares que devíamos guardar esse tipo de férias para uma lua de mel? Para ser diferente?
Eu: Sim...
Ele (com ar chateado e de desabafo): Então nunca vamos ter férias assim...


Desisto. Adopto gatos.

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Casados à primeira vista #2


Eu sei que estamos em vésperas de Halloween, mas a SIC escusava de já ter lançado o filme alusivo à temática tão cedo... Podia esperar mais uns dias para estrear "Lídia, a noiva fantasma", que ora está, ora desaparece, ora dá um sorriso, ora te lança um olhar matador e fulminante. Este Daniel Oliveira está imparável.

Eu não sei, mas se fosse eu a ir dormir ao lado desta senhora era bem capaz de passar as noites em claro, que há ali um resvalo de "ou fazes o que eu quero ou sou bem capaz de sufocar com uma almofada, durante a noite". Nossa, ela emana tão boa vibração como os zoombies do Walking Dead.

Acho que tem tudo para dar certo ou então para dar uma boa reportagem da CMTV a testemunhar em primeira mão os pormenores do homicídio... 
- "Então o que aconteceu com o seu marido?" 
- "Eu já lhe tinha avisado que não gostava de Chá de Tília nem de croissants, por isso não havia outro desfecho possível para aquele brunch...".

Enfim, se calhar estou a exagerar... ou então não. "Lídia, a noiva fantasma" - num canal da SIC perto de si. 

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Casados à primeira vista

Ainda é cedo para dizer se gosto ou não desta nossa versão, eu vejo os formatos internacionais e vou sempre ter tendência a comparar. Uma dúvida que tenho é comum às várias versões: que raio de análise fazem estes especialistas para juntar os casais? É que há escolhas mesmo ao lado... Que raio de especialistas unem uma pessoa que diz "por favor eu não quero estar numa relação com alguém fumador " e depois toma lá uma miúda que fuma. Eu não sei que raio de testes psicológicos é que eles fazem mas... tudo bem...
Há casais que não é preciso ser expert para saber que aquilo vai para o torto tão rápido quanto possível, ups.
Outra coisa que me fez confusão foi aquela mini-abécula a escolher a mulher, a dizer que queria uma mulher "areia de mais para o meu camião", parecia que estava a encomendar uma piza "quero assim, assado, desta maneira daquela, tem que ter isto assim, aquilo assado", nossa que dó da pessoa com que o vão juntar, ele vai ficar com uma mulher que é "areia demais para o seu camião" e coitada ela é um camião que podia levar toneladas de areia e tem que se contentar com 1 saco de 25kgs. Jesus meu pai. Foi tão fútil a descrever a pessoa que procura que nem devia estar neste programa. Blá blá templo budista, blá blá espiritual blá blá e depois quer uma Barbie. Sim amigo, deves ter muitas pretendentes deves.

Festa do cinema a 2,5€

Não se esqueçam que hoje, amanhã e quarta está a decorrer a festa do cinema com bilhetes a 2,5€ em inúmeros cinemas em todo o país. Quem é amiga, quem é?

Eu já comprei para hoje, amanhã e depois, só por causa das coisas. Que isto dos preços dos bilhetes anda ali sempre um absurdo (quase 7€!!!), assim é uma boa razão para ir ao cinema. Vamos ver o novo filme do Mr. Bean (J. English), o Assim nasce uma estrela e o Venon. 

sábado, 20 de outubro de 2018

Get my shit together

Os anos começam a passar dou por mim a olhar para o lado e muitos dos meus colegas de profissão estão no doutoramento e eu só tenho licenciatura. Se por um lado, quando saí da faculdade, quis foi trabalhar e deixar de ser um encargo, por outro começo a olhar para o lado e a sentir que estou a ficar para trás.
A grande questão é: será que devia apostar em outra formação que me abrisse novas oportunidades ou continuo a investir na minha profissão, mesmo que não haja grandes saídas profissionais?
Há muito que sinto que devia ser mais produtiva, rentabilizar melhor o tempo, estudar mais, estar envolvida em mais projetos, mas depois nem há desafios que me interessem (no outro dia propuseram-me um negócio super desafiante blá blá, mas que mais parecia um esquema em pirâmide e eu gentilmente declinei, como é óbvio) e nem eu pareço ter a energia para empregar em ideias ou projetos.

Acho que tenho que me organizar nos meus pensamentos, seja lá o que isso significar, e pôr uma ordem na minha vida. 

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Consulta de ginecologia

Epá, já não fazia exame há muito tempo e hoje recordei-me da razão. Que exame do demónio, a médica não estava a conseguir ver um ovário e andou lá em busca do desconhecido. Sinto-me um pouco violentada e não posso pedir indemnização a ninguém...
Adiante, a médica disse que com a minha mutação genética e a tomar aquela pílula que tive muita sorte não ter tido já uma trombose, e que no caso de causar uma embolia pulmonar posso ir desta para melhor, assim fácil. Troquei de pílula imediatamente e agora seguem-se uma data de exames de rotina, parece-me que vou deixar lá um ordenado, mas pronto tendo em conta o preço dos caixões acho que o prefiro deixar no médico.



Casamentos à primeira vista e Millionaire Matchmaker


Enquanto o programa "Casamento à primeira vista" não começa (aparentemente será no domingo, na Sic e como desconfio que não será tão bom quanto as versões australiana e inglesa) estou a ver o The Millionaire Matchmaker, da Sic Caras.
Trata-se de uma agência de encontros onde vão milionários, que procuram o amor. Oiiiinnnnn! Tão fofo. Caso para dizer que no peito de um milionário também bate um coração.

A matchmaker é a Patti Stranger e tem uma taxa de sucesso de aproximadamente 80% e escreveu um livro sobre como como fazer para sermos os nosso próprios matchmakers e encontrarmos a metade da laranja.
No livro ela fala nos principais conselhos para um relacionamento bem sucedido: 
"Cada um deve começar com um Dating Detox. Se está sozinho não tenha encontros por 30 a 90 dias e concentre-se em si mesmo, continue sua carreira e vá ao ginásio"
"Ao encontrar um potencial parceiro os seus clientes não pode fazer sexo até que estejam em um “relacionamento monogâmico exclusivo e comprometido”
"Nos primeiros três meses deve dizer-se um ao outro o que ambos procuram na relação e perceberem se há objetivos em comum"
“Não deve morar junto antes do anel de noivado”. 
"Deve-se diminuir a tecnologia e estar mais em contacto com a pessoa"

Ora ora, dicas muito úteis, mas para mim já chegam um pouco tarde. Se ainda forem a tempo experimentem e depois digam qualquer coisa. Se depois disto casarem e tiverem bebés avisem, sff.

A chegar está então o "Casamento à primeira vista", em que o conceito é casar com um desconhecido, irem de lua de mel e depois decidir se querem continuar casados ou não. Se não quiserem a estação paga o divórcio e os advogados e ambos assinam um acordo pré-matrimonial. Tudo para dar certo, ne? Só que não. 

Mal posso esperar!

Flickr Images