sábado, 4 de fevereiro de 2012

Medricas, medricas..


Odeio quando estou sozinha em casa e sei que não há probabilidade de ninguém conhecido cá vir e tocarem à campainha ou baterem à porta.
Ainda agora bateram à porta, mas muito e insistentemente.
Morri de medo, nem sequer me atrevi a ir espreitar. Não vejo motivo e nem foi ninguém que eu conhecesse senão tinham ligado ou mandado mensagem.
Por via das dúvidas já fui trancar a porta e deixei estar a chave por dentro, assim só para garantir.

4 comentários:

Nocas disse...

Eu sempre que estou sozinha em casa dou a volta À chave de maneira a que nem mesmo quem tenha a chave consiga entrar :p ainda ontem bateram a porta dos homens da vodafone e eu disse que assuntos desses são com a minha mãe. Que medo!!

Vans disse...

Lol!! Eu posso ficar assustada mas tenho sempre que ir ver quem é (espreitar! não tenho que abrir.) Senão vou ficar com mais medo porque vão existir na minha cabeça muitas mais possibilidades, e pode nem ser nada demais.

Eva Luna disse...

Eu, quando estou sozinha, não confio, que me-do :)
Uma pessoa a abrir a porta a um desconhecido fica completamente desprotegida, eu não arrisco :)

Pics disse...

Sou tal e qual assim. Nunca sequer pergunto quem é, quando vejo que não conheço.

Flickr Images