terça-feira, 9 de outubro de 2012

Eu sempre soube que nunca devia ter dito na blogosfera que tinha 3 rins. *

Hoje um anónimo/a disse-me que escrevia aqui demasiados pormenores da minha vida e que provavelmente me conhecia, devido a isso mesmo.
Ora bem, eu criei este blog para ser um alter ego, não está assinado com o meu nome por isso mesmo. Aqui sou eu, mas não sou. A vida é a minha, mas consigo dissociar perfeitamente uma coisa da outra. No dia em que disserem "Tu Eva Luna, és, na verdade, fulana x". Ai perde-se o sentido. Misturam-se duas coisas que eu sempre separei. Aqui, aqui serei sempre a Eva Luna.
No dia em que isso se perder, então deixa de haver motivo para estar aqui, porque perderia a liberdade que me levou há 5 anos atrás a começar a escrever esta minha humilde cabana de praia. 
Se for para estar a escrever condicionada prefiro não escrever nada, pois essa não seria a tola que, usualmente, escreve aqui estas parvoíces todas. Não seria justo nem para mim, nem para vocês.
 
 
*Ahhh, espera, nunca disse. Pois ficam a saber agora.
Acho que vou pôr um à venda no Olx. Assimcomássim ainda fico com 2. 

5 comentários:

S* disse...

Que disparate. Falas de ti, de emoções, histórias, mas nunca te identificas. As pessoas adoram criticar.

Carolina. disse...

Cada um escreve o que quer, como quer. Nem o anónimo, nem eu e, provavelmente, ninguém te reconheceria pelo que aqui contas.

Ponto pequeno disse...

Melhor que isso, só mesmo dois corações ;)
Muita gente conhece-me a mim e ao meu blog e continuo a escrever aquilo que quero. Não me incomoda nadinha o que tenham a criticar, honestamente.

Pi Maria disse...

Manda o anónimo ir dar uma curva! :)

Karina sem acento disse...

Tu escreves sobre o que quiseres, o blog é teu. Não do anónimo...

Flickr Images