segunda-feira, 18 de março de 2013

Are you fucking kidding me?

Tumblr_inline_mjele0iy021rnvwt1_large
 
Hoje voltou a acontecer. Veio um gajo, no comboio, uma hora, U-M-A H-O-RA a chatear-me. Vocês devem pensar, bem, se calhar esta gaja é a miss Bobadela 2008 e nós não sabemos. Nop, é falso. Sou absolutamente normal. Eu não percebo.
Sento-me no comboio e senta-se ao meu lado um indivíduo, pouco mais velho que eu e com um porte considerável. Começo a notar que o tipo volta e meia se inclina para olhar para mim. Deve ser impressão minha - penso. Passado um pouco começa o tipo a tocar com o cotovelo no meu braço. Faço que não é nada comigo, até que vejo a mão do tipo em direcção à minha perna. Aí, é que pára tudo e eu penso Maaaaau!!. Desviei a perna antes de qualquer coisa e pergunto-lhe se há algum problema. Vai daí, começa a falar incessantemente:
- Para onde vai? Qual é a sua paragem?
- Não se preocupe que eu vou para onde quero, não me perco, não se preocupe.
E na seguinte hora, pergunta-me de tudo, ao que o tipo insiste insiste nem que tivesse que perguntar 5 vezes a mesma coisa ele desistia e era obrigada a responder um ríspido não a TUDO e nem assim.
- Como se chama? Pode me dar o seu número de telemóvel? Tem facebook? Estuda aqui? Trabalha? É enfermeira? Se calhar até somos vizinhos! Olhe que se não me der o seu contacto, podemos nunca mais nos ver!! (Olha para a minha cara de preocupada, pensava eu.) Pelo menos o número? É 91? É 96? É 93? Hum.. deve ser 91 e a seguir é um 4? um 3?
Tive que lhe responder que não dava o meu número a estranhos. E ele: Não seja por isso, eu apresento-me sou o X, faço isto e aquilo, sou de não sei da onde. Oh valha-me deus. Depois era: deixe-me ler os seus olhos e vinha com a mão para me desviar o cabelo ao que eu digo um "Nem pense" e ele recua.
- Não acredito que seja tão reservada, uma miúda tão gira e tão antipática, não pode ser. Com esse mau-feitio deve ser do signo gémeos. Acertei? Então qual é? Mas vá, pelo menos um café, assim já não sou um desconhecido (...).
 
Uma hora disto, caríssimos, u-m-a hora. Ainda por cima sem poder sair dali, porque o tipo era um armário e estava a bloquear a única forma de eu conseguir sair.
 
Eu mereço, não, eu mereço...

6 comentários:

Mary-F disse...

eu gritava que me estavam a violar.. a ver se nao vinha alguem tirar o homem dali... arre nao mereces mesmo! que abuso...

S* disse...

Há uns anos, um apalpou-me no meio do comboio e perseguiu-me até casa.

EscritaDela disse...

:/ os homens são mesmo assim, custa dizer mas são poucos os que são diferentes disso :s

Nocas disse...

eu sinto-me assim sempre que vou ao ginasio, é horrivel :( tento sempre ir ate as 4/5 porque depois é só "macacos"...

Bee LOGged disse...

Tinhas bom remédio, queixavas-te q o tipo estava a viajar com um animal e não tinha bilhete. Paravam imediatamente o comboio, chamavam a policia, expulsavam-no do comboio e ainda por cima lhe batiam. LOL
Agora a sério, é preciso cuidado com essas bestas. Pratico à cerca de 3 anos 1 arte marcial, um dos motivos que levou a isso são para prevenir situações dessas que podem dar para o torto...espero nunca precisar...Boa sorte com os teus malucos...

Maria João disse...

Faz lembra um vídeo que vi há tempos no youtube http://www.youtube.com/watch?v=kTFZyl7hfBw
Can I have your number, can I?
Este dá vontade de rir, quando acontece connosco não é a mesma coisa!

Flickr Images