domingo, 19 de maio de 2013

O coração tem parvoíces que a própria parvoíce desconhece..

 
Hoje li, no facebook, a velha frase de que a melhor forma de esquecer um amor é arranjar outro.
Pois eu acho que isso equivale a querer curar uma perna partida, fazendo uma contractura cervical. Acho seriamente que ajuda na mesma proporção.
Primeiro, se as pessoas são substituíveis desta forma descartável e aparente é porque algo não estava bem e que o que era antes o amor da vida, ai ai ai, que não posso viver sem ele, afinal era apenas mais um.
Depois o facto de não se parar para se resolver bem as coisas é um erro do tamanho dos Jerónimos e só um leigo na matéria, como eu já fui, é que cai nessa de achar que as coisas se resolvem apenas de forma superficial, sem ser preciso arrumar a casa

3 comentários:

coisasmaiscoisas disse...

Nem mais. Gostei da comparação com a perna partida!!

S.J disse...

Concordo totalmente e assino por baixo.

Rita Vilaça disse...

Toda a gente devia saber que as frases do Facebook são inventadas por miúdas de 12 anos xD
É que às vezes leio com cada uma... Ui Ui!

Flickr Images