sábado, 31 de agosto de 2013

Há pessoas que tanto se afastam, que simplesmente deixam de fazer falta.

 
Ontem vi um ex melhor amigo meu (se é que isto existe). 
Um dos meus melhores amigos, que, de um momento para o outro, desapareceu.
Mudou de número, apagou contas nas redes sociais, deixou de aparecer aos jantares de amigos, aos encontros. Deixou de dar notícias a todos os amigos. Desapareceu. Perdemos-lhe o rasto.
Ontem vi-o. Estava a metros de mim. Fuji dali o mais rápido que pude, para evitar aquela conversa constrangedora, superficial. Poucas coisas são capazes de justificar tantos anos de ausência e um dia, quando lhe perguntei, não me conseguiu dar nem um meio motivo válido.
É uma sensação estranha esta de tentar evitar alguém de quem era tão próxima, mas parece que agora é o que mais faz sentido.

4 comentários:

Pips disse...

A mim acontece-me com uma "ex melhor amiga"... Custa tanto :(

Anne Crystal disse...

Compreendo-te perfeitamente!

D. disse...

O titulo do teu post resumiu a minha semana...como se costuma dizer "quem não aparece, esquece" e às vezes é mesmo melhor que assim seja.

Nadinha de Importante disse...

Percebo perfeitamente, mas quem não está, deixa de ser importante.

Flickr Images