sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Da Casa dos Segredos e da violência

 
Há décadas que nós mulheres lutamos por igualdade. Por igualdade no seu todo e não para termos direito a certos privilégios ou favorecimentos pela nossa simples condição do ser. Não somos o sexo fraco e acho que as atitudes tomadas na casa pela Joana eram consideradas seríssimas caso acontecessem contra uma mulher e lamento que contra um homem sejam só tidas como condenáveis (dado que não grandes consequências no programa para ela).
Também há mulheres más, também há mulheres agressivas. Violência é violência e não deveria ser menosprezada em caso algum. O que vi fez a Joana perder muitos pontos e acho que é assim que se dá um tiro no pé.
Assim como o Vitor, na primeira edição, eu sou da opinião que aquela vergonha de atitude, de violência e de ameaças (do tipo: queimo-te já a cara toda com este chá quente) mereciam expulsão direta.

1 comentário:

Pips disse...

Concordo completamente contigo. É uma vergonha...

Flickr Images