domingo, 23 de março de 2014

Juventude aparvalhada


Hoje ouvi adolescentes falarem sobre uns jogos que agora, segundo eles, estão na moda.
Um inclui deixar de respirar até desmaiarem. Outro comer quantidades tóxicas de coisas. Outro comer uma papa que fica alojada na garganta que pode sufocar. Outra queimarem as mãos. Outra despirem-se à frente de desconhecidos na net. E filmarem tudo em vídeo, claro, para postarem na net. Para serem buéda fixes e terem buéda likes, claro. Quando questionados sobre o porquê de fazerem aquilo: "Ah é para experimentar", "Ah, é uma questão de estatuto".
Uma pessoa começa a ter medo do que virá a seguir. Tenho saudades do meu tempo, em que estatuto na escola era ter uma mochila fixe e umas sapatilhas da Nike.

4 comentários:

Gabs disse...

Esses jogos deveriam ser chamados Who's the dumbest? e a televisão devia mostrar e ridicularizar esse tipo de comportamentos, mostrando vídeos de adolescentes portugueses, para que os pais pudessem reconhecer os filhos, uma vez que de certeza não sabem que os seus "ricos meninos" andam nessa parvalheira. Ou sou eu que sou demasiado radical e não tenho paciência nenhuma para pseudo-estatutos de crianças cada vez mais estupidificadas.

Há uma clara inversão dos valores e role-models e não me parece que vá melhorar.

Enfim. É como dizes, há uns anos ser "fixe" era ter a mochila ou as sapatilhas da marca X, agora , o fixe é o palhaço da turma que além de pôr a sua própria vida em risco muitas vezes incentiva os outros a fazer o mesmo. Bem, YOLO e seleção natural parecem andar de mãos dadas, resta-nos isso ;)

Gabs disse...

Esses jogos deveriam ser chamados Who's the dumbest? e a televisão devia mostrar e ridicularizar esse tipo de comportamentos, mostrando vídeos de adolescentes portugueses, para que os pais pudessem reconhecer os filhos, uma vez que de certeza não sabem que os seus "ricos meninos" andam nessa parvalheira. Ou sou eu que sou demasiado radical e não tenho paciência nenhuma para pseudo-estatutos de crianças cada vez mais estupidificadas.

Há uma clara inversão dos valores e role-models e não me parece que vá melhorar.

Enfim. É como dizes, há uns anos ser "fixe" era ter a mochila ou as sapatilhas da marca X, agora , o fixe é o palhaço da turma que além de pôr a sua própria vida em risco muitas vezes incentiva os outros a fazer o mesmo. Bem, YOLO e seleção natural parecem andar de mãos dadas, resta-nos isso ;)

A Pimenta* disse...

Ainda esta semana falava no meu blogue deste novo mundo, em que as "modas" são algo bastante diferente do que era no meu tempo. Eu nem sei mais que pensar sobre estes jovens. Claro que não podemos generalizar, mas há certas modas que se instalam no modo de vida dos adolescentes que dá muito que pensar.

Sílvia disse...

Os jovens andam cada vez mais estúpidos ou é impressão minha?

Flickr Images