quarta-feira, 9 de abril de 2014

Blackout


Eu tenho fobia a agulhas de injecção. Fobia de cair para o lado, literalmente.
Desde que me lembro de acordar rodeada de técnicas de análises e da minha mãe aflitas e eu ali esparramada no chão, que me sinto na obrigação de avisar quando vou fazer análises: "Olhe que eu sou uma chata, olhe que eu desmaio". Desta vez que fui fazer não foi diferente. 
Para garantir que não haviam cá coisas a técnica obrigou-me a ficar deitada numa maca... com as pernas no ar durante todo o processo. Uma visão linda de se ter.

Já devem ter percebido que 'ser normal' não está bem no meu ADN...

2 comentários:

Margot disse...

quando chego, também deixo logo o recadinho que há grandes possibilidades de eu cair para o lado e ela começa logo a entreter-me :)

A Página Trinta disse...

Também sofro desse mal, mas confesso que já foi pior!... agora até me porto relativamente bem!:)

Flickr Images