domingo, 13 de setembro de 2015

Eu poderia muito bem ser um caso de estudo da medicina...

Esta semana, ao viajar de comboio, desloquei-me a uma máquina da CP para carregar o cartão da viagem. Nada de espectacular dificuldade, excepto para mim, Eva Luna Maria.
No final do dia, depois de 10 horas de trabalho, o que eu queria mesmo era chegar a casa. Carreguei o cartão rapidamente, corri por um túnel fora para atravessar para a outra linha e meti-me no comboio que estava a chegar. A meio da viagem percebo que deixei o cartão de multibanco na máquina, pois tinha-o usado para pagar a mesma...

O que é que eu faço? Pergunto-me (sendo que eram 9h da noite).
Vou sair na seguinte estação e apanhar um comboio de volta para tentar recuperar o cartão. Saio numa estação, onde se conseguem ouvir os grilos, num espaço descampado, isolado e já de noite, onde só passava um carro e umas pessoas estranhas de tempos a tempos. Senti que poderia ser facilmente assaltada. 

Depois de 20 minutos voltei a apanhar outro comboio. Cheguei à máquina e txarááá, nada de cartão. Como era óbvio. Confesso que perdi um bocadinho mais de esperança na humanidade, mas pronto.

Depois espero mais 20 minutos até voltar a apanhar outro comboio.

Eva Luna, vamos recapitular: Se colocas um cartão de multibanco numa máquina qualquer tens que o tirar.  Se colocas um cartão de multibanco numa máquina qualquer tens que o tirar. 
 Se colocas um cartão de multibanco numa máquina qualquer tens que o tirar.  Se colocas um cartão de multibanco numa máquina qualquer tens que o tirar.  Se colocas um cartão de multibanco numa máquina qualquer tens que o tirar. 

Um dia, um dia eu aprendo.

6 comentários:

ballerina. disse...

Que azar! Espero que não tenham conseguido tirar-te nada da conta.

Miss Purple disse...

Eish que treta :S
Realmente ainda há muita pouca humanidade...

Cláudia M disse...

Já me aconteceu o mesmo, é muito natural, ainda mais se tivermos pressa para apanhar o comboio. Só devia de dar o blihete, depois de tirarmos o cartão, assim já não nos esqueciamos ;)

Beijinho

asminhasquixotadas disse...

E se as próprias caixas multibanco não começassem por devolver o cartão antes de entregarem o resto, até aí eu me esquecia dele. Mas o pior são aqueles terminais de multibanco, tipo os da Fnac ou dos hipermercados, em que somos nós a inserir o cartão. Se não me dizem para o tirar, acaba por ficar lá esquecido.

Frutinha disse...

Provavelmente a maquina "comeu-o"
Ja me aconteceu o mesmo, e fiquei a saber que depois de estar X tempo la enfiado sem o tirar-mos a maquina "come-o".
Aconteceu-me a um sábado a noite.... Deixei na maquina, quando voltei passado uns 20min nada de cartão. anulei o cartão via tlf.... e na segunda demanha fui aquele banco que tinha o MB onde tinha deixado o cartão a ver se por acaso ninguem tinha entregado la... "a maquina comeu-o... e ficou sem funcionar o resto do fim-de-semana" disse o senhor do banco.
ahhh que bonito.

Eva Luna disse...

Ah bom, se calhar foi isso que aconteceu..

Flickr Images