sábado, 9 de novembro de 2013

Coisas boas de ter acabado o ensino superior

 
Já disse que me assola esta pontinha de nostalgia disto dos aferreás e das capas negras, mas há coisas que pá, ainda bem que já acabaram porque, como dizia o outro i'm too old for this shit.
A ver:
 
- O corpicho já não aguenta ir para a noite como antigamente. Não vale a pena negar, a idade é uma coisa tramada com f.
- Os neurónios também já não estão tão iluminados como em outros tempos. Fazer directa para estudar, já me estava a ser tão fácil como correr a meia maratona de Lisboa.
- Já não havia paciência para ouvir a vida sexual da colega de casa, que gritava mais do que alguém coberto de gasolina a ver uma chama a aproximar-se. O pior é que era tal e qual. A cena era sempre de tal ordem que os vizinhos no prédio colocaram até avisos no elevador do prédio. 
- A proposta de sair para ir tomar café já era bem ponderada e vencida, muitas das vezes, pelo conforto dos cobertores, das séries e dos snacks da meia noite.
- Ficar consumida com a ideia de "nem em 50 anos faço esta cadeira".
- Ter já 0 de paciência para aturar gente altamente alcoolizada e, consequentemente, altamente parva. Menos paciência ainda para situações como o namorado da tal colega vomitar mesmo à frente dos meus pés que envergavam uma botas em pele, caras como o inferno, compradas nesse dia.
- Ter - 20 de paciência para pessoas que começavam dramas para ter atenção, aturar choradeiras infantis e fora da idade, aturar:
- "como ando a sair com dois gajos ao mesmo tempo, vamos para um sítio onde o X não esteja, porque hoje me vou encontrar com o Y",
-"ai não vamos para ali porque dormi com aquele e nunca mais me ligou",
-"acordei no meio do jardim e nem me lembro de nada, bebi demais ontem, vou ter que ir comprar a pílula do dia seguinte e ahhh, a minha mala também desapareceu...",
-"ele está internado com tuberculose, como fui para a cama com ele agora ando cheia de medo, não posso ter ficado infetada, como é que ia explicar ao meu namorado e família?"

 
 
Boy, i'm too old for this shit.
Por este lado, graças a deus que acabou.

2 comentários:

A Pimenta* disse...

Eu gostei dos tempos da faculdade mas atualmente não voltaria atrás.

Andrea Brito disse...

Concordo com várias situações! Não há pachorra mesmo! Mas, a tuberculose não se transmite por contacto sexual mas pelo ar.

Flickr Images