terça-feira, 18 de março de 2014

Centro de Emprego - A saga


Não levei nenhuma arma para o Centro de Emprego. Fiz mal.
Fui com reunião marcada, "Pf, não se atrase" disseram-me eles. Pensei: então está bem, vou 1 hora mais cedo que é para não haverem cá coisas, nem desculpas que me atrasei e bréubréu. Cheguei lá e estava tudo vazio, só duas ou três almas no Centro de Emprego. 
Disseram-me: Só está uma pessoa à sua frente, eu já a chamo.
Passou uma hora. Nada.
Passou outra hora. Nada.
Passou mais outra hora. Nada.
O Centro de Emprego, que estava vazio quando cheguei, encheu e voltou a esvaziar. Era a única alma ali, de novo. Se eu fosse uma pessoa violenta, amigos, tínhamos tido problemas.
Eis que sou chamada. Parte de mim já estava anestesiada pelo tempo de espera.
Entro na sala e a Sra. vira-se para mim e diz: Temos um problema, estamos sem sistema informático. Pergunto se se irá conseguir tratar de alguma coisa e a Sra. diz-me que não. Naquela altura não sabia de havia de rir, se havia de chorar, se havia de me barricar na casa de banho.
Eis que a Sra., depois de eu ter estado 3 horas à espera e depois de me ter dito que não ia dar para resolver nada, decide sair-se com um: Estive a ver o seu curriculum e sabe que com a idade o corpo começa a ressentir-se, diga-me lá o que é que eu devo fazer para tratar deste e daquele problema de saúde?
Epá, deve ser para os apanhados, não é possível, mostrem lá a câmara seus bandidinhos, já chega de brincadeira seus malandros - pensei eu. Fiz-lhe o meu sorriso mais falso da história da humanidade e lá despejei um ou outro conselho, apesar de na minha cabeça lhe estar a desejar coisas não muito bonitas.
A meio da coisa o sistema informático ressuscitou, aleluia, irmãos. E a coisa resolveu-se. Claro que ainda falta mais papelada, desconfio que ainda me vão pedir um frasquinho de urina, só para ver se está ali no amarelo translúcido, porque se não estiver claramente que será preciso preencher outro requerimento e atestar que me responsabilizo pela cor do meu xixi daqui para a frente...

8 comentários:

Leonor disse...

Uma vez, num hospital, só fui atendida às 17h (quando a consulta era às 14h30) porque estavam sem sistema informático e não podia ver o meu historial..

Ainda bem que já está tudo encaminhado. :)

by me with love disse...

SOu das pessoas mais peace and love que conheço, nada de violencias nem faltas de educação, no entanto a paciência é coisa que definitivamente não abunda pra estes lados!!
3 horas de espera era impossivel para mim sem dizer nada!! Não sei nem consigo ser tão zen!!
há-ja paciência pra tanta falta de noçao desta gente de centros de emprego e afins!!! ;) kiss

Frutinha disse...

Sinceramente acho que é um calhar com as pessoas que nos atendem.
Ja aconteceu por exemplo em assuntos de trabalho, em repartições publicas querer resolver determinado problema e uma diz-me que é totalmente impossivel e pardais ao ninho; e outra, no mesmo sitio com o mesmo assunto, apenas uma pessoa diferente me disse que não havia qualquer problema e o assunto ficou tratado logo ali.

Enfim...

P.S.: Vê o meu ultimo post PTW Outdoor – a experiência
[Desabafos e Coisas]

Katy Single disse...

Caramba que pesadelo 3 horas??? Socorro Eva Luna, e não partiste os dentes a ninguém??? Sim senhora muito bem!!!! Se fosse comigo arrancava o nariz à dentada, mas isso sou eu claro :D

Nadinha de Importante disse...

3 horas de Espera...e nem uma reclamaçãozinha fizeste...muita calma estavas tu!

nadinhadeimportante.blogspot.pt

Eva Luna disse...

Se me lembrei de pedir o livro de reclamações? Sem dúvida. Se me lembrei que possíveis retaliações, devido a esse mesmo facto, me pudesse atrasar ainda mais o processo? Também. :/ Neste ponto já não estava em condições de arriscar.

Eva Luna disse...

Se me lembrei de pedir o livro de reclamações? Sem dúvida. Se me lembrei que possíveis retaliações, devido a esse mesmo facto, me pudesse atrasar ainda mais o processo? Também. :/ Neste ponto já não estava em condições de arriscar.

A Página Trinta disse...

A tua história com o Centro de Emprego já dava um livro!
Mas há que referir que foste uma linda menina (abençoada sejas por tanta paciência junta) e que és merecedora de todos os louvores e mais alguns!

Flickr Images