quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Um dia atiro o namorado da varanda

No outro dia fui ao necessaire do namorado buscar uma tesourinha das unhas (que é dele e que ele muito estima) para a minha manicure.
Pois que um dia depois vem ele perguntar-me impaciente pela tesoura, onde é que eu tinha posto a tesoura, que precisava da tesoura.

- Oh caramba, eu sou meia distraída, onde será que eu pus a tesoura, se não está no sítio dela onde será que eu a pus? Pensei eu.

Tentei ganhar tempo, revirei as minhas coisas todas e vi os sítios mais prováveis e nada.
Depois de revistar as minhas coisas feito uma tola e já frustrada fui ao necessaire dele e... lá estava a tesoura. Sempre esteve. Eu tinha-a arrumado lá logo depois de usar e o namorado como soube que eu a tinha usado nem se preocupou de ver se eu a tinha voltado a colocar no sítio. 

Este homem até me faz duvidar de mim própria e ainda o ouvi todo chateado a dar sermão por não saber da tesoura quando ele nem pensou que pudesse estar...no sítio dela. Ouvi sermão e andei uma data de tempo atrás de algo... que sempre esteve onde devia estar. 


Eu mereço.

5 comentários:

Anónimo disse...

Não, Eva Luna, não merece mesmo... Os namorados gostam de ser dependentes, deixam tudo fora do lugar (exemplo: as chaves do carro, a carteira, o tabaco etc.) e é-lhes mais fácil pedir a "ajuda" das suas companheiras, que encontram logo tudinho. Estamos sempre dispostas a ajudá-los e a livrá-los do stress... que podem descarregar em nós e do qual queremos fugir. Isabel Q

м♥ disse...

Nem vale a pena tentar mudá-los porque não vai acontecer :)

Monyque Evelyn disse...

kkk esses namorados gostam de nos enlouquecer

http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

umadas3irmas.blogspot.pt disse...

Namorados... às vezes, dá vontade de lhe bater!! ahahah

Cynthia disse...

Ahah homens do caraças! A lixar-nos a cabeça desde... sempre!

Flickr Images