terça-feira, 22 de agosto de 2017

O batizado do piqueno


Ora ora.. sou tia e madrinha de um pequenino rapaz cujo nome é o masculino do meu (terá sido homenagem à minha digníssima pessoa? claro, parece-me evidente... cof! cof!).
Pelo menos já posso ficar para tia, yeiiii! Apoquentava-me não poder exercer esse direito de escolha que é - querer ou não ficar para tia. Hoje já posso e o mundo faz muito mais sentido assim. 
O namorado não tem irmãos logo é o nosso único sobrinho, o nosso puto pequenino.
Pois que batizamos o jovem de 6 meses, pois que correu tudo pelo melhor, pois que levei o meu vestido de 3,99€ apertado por 3€ na costureira. Score!
O pequeno é meio safadeco, chora de lágrima quando só está levemente aborrecido e passa-lhe logo mal alguém surge com um brinquedo novo ou uma simples caixa de papel ou garrafa de água.
A capacidade de ele ficar sugadito sem chorar é de 1 minuto depois disso passa o efeito novidade e chora de nuevo que se desunha e lá têm que vir os pais em auxílio de calar a criança. Dormir de dia é tipo 15 minutos e de noite acorda de 2 em 2 horas.

É por isso que bom bom é ser tia... :p 

2 comentários:

Coquinhas disse...

Ui ui, realmente é melhor ficar para tia :P

A Pimenta* disse...

Coitada da mãe, não tem tempo para descansar!

Flickr Images