terça-feira, 10 de abril de 2018

Viagens e cenas: Madeira e Londres

Não vos contei mas voltei à Madeira.
Não contava regressar tão cedo mas são coisas do coração... com o meu único irmão, único sobrinho e única cunhada a viver no Funchal decidi levar lá os meus pais.
Reservei os voos pela Easyjet super baratos (30€ ida e volta/pessoa - já vos disse que sou a rainha das pechinchas, não já?) e um apartamento airbnb que tinha vista para o mar e um pôr do sol excelente que permitia jantares com uma vista privilegiada.
Desta vez ficamos 5 dias (o alojamento ficou cerca de 150€ por um apartamento inteiro) e entre passeios no parque de Santa Catarina, jardim botânico, piscinas naturais de Porto Moniz, museu do Ronaldo, passeio de barco para ver golfinhos e baleias, as vistas da ponta de São Lourenço, o skywalk (que ainda não era pago) conhecemos bem mais do que na primeira vez que foi só um fim-de-semana.
A Madeira vale a pena, nem que seja pelo calor, pelo bom tempo! Não custa levantar da cama, o que a mim é o meu tendão de Aquiles cá no continente, as roupas são sempre leves e as vistas são sempre bonitas porque se vê sempre o mar.




Para quem quer fugir ao frio vale muito a pena. Para quem quer ir ver coisas bonitas também.

Um truque que faço sempre ao reservar no Airbnb são os convites que permitem poupar cerca de 35€ o que a mim já me deu para pagar uma viagem de ida e volta à Madeira. Se quiserem 35€ de créditos em viagem, como eu faço, para ter desconto numa próxima viagem que precisem aqui vai o meu link para novas reservas no Airbnb.

Daqui a umas semanas vamos a Londres. O namorado vai dizendo que viu reportagens da crescente violência e dos crimes em londres, ora quem vê a CMTV ou a crónica criminal do Você na TV também fica com a ideia que em Portugal a coisa também não está muito famosa. Em qualquer lado vai haver crimes, violência não dá para evitar. Podemos falar do terrorismo e em como aquele português foi baleado no carro em França, mas e aqueles portugueses que foram baleados no carro em Portugal, pelo Pedro Dias, a caminho do hospital para uma consulta de fertilidade? Às vezes basta estarmos no lugar errado, na hora errada e para isso não é necessário estar só fora do país.
Ultrapassando estas desgraças todas que o meu namorado teme, Londres sempre me fascinou desde miúda, era "o" destino, "o" objetivo desde que me conheço.
Até começar a trabalhar estava fora de questão viajar, mas depois mesmo começando a trabalhar foi um destino que ficou cada vez mais longe com a questão do terrorismo. A par de ter ido a Paris, que era aquele destino que eu achava cliché e que não me fascinava, e ter adorado. A arquitetura, a imponência, a história, que depois disso temo a comparação e espero que o destino com que sempre idealizei não fique a perder.

O tempo vai ser pouco para tudo o que se pode ver em Londres e com os museus gratuitos ainda por cima, mas vamos tentar fazer a gestão para darmos uma espreitadela em tudo. Uma coisa que quero mesmo é andar no London Eye, cumprir aquele sonho de criança que olhava para aquela roda gigante e ficava estarrecida.


Pois bem, a saber... sugestões? Já tenho viagens, transferes e Airbnb reservado, por isso mais coisas que deva saber? Sítios imperdíveis? Passeios de barco, no Tamisa, valem a pena? Contem-me tudo, não me escondam nada.

7 comentários:

A Pimenta* disse...

Já fui a estes dois destinos e adorei. À Madeira fui há dois anos atrás e gostamos imenso. Gostaria imenso de repetir! Foram dias fantásticos!

Quanto a Londres, foi a viagem da minha vida! Sem dúvida que é um destino igualmente a repetir. Fomos 5 dias e tentamos ao máximo aproveitar o tempinho todo. O London Eye vale bem a pena, fizemos o passeio de barco no Tamisa, estava um frio de rachar, lembro-me bem da sensação que era o frio a bater na minha cara que parecia lâminas! Covent Garden também é de paragem obrigatória, Piccadilly à noite é um mundo. Não fui ao Madame tussaud mas talvez tenha sido uma falha a colmatar numa próxima ida lá. Há bilhetes que são packs para entrar em diferentes monumentos e fica mais barato. Fomos ver também o render da guarda real no palácio de Buckingham.
Prepara-te para caminhar imenso, para o frio e para os apertos no metro!
Hyde Park é um imenso jardim, mas não deixa de ser isso mesmo: um imenso jardim no meio de uma grande cidade. Nothing Hill também é um sítio a visitar, há uma feira enorme lá perto (não sei se decorre todos os dias ou se é num dia específico, já não me lembro). Também podes dar um saltinho a Kensington Palace que é a residência oficial da Kate e do William.
Quanto à violência, situações dessas podem acontecer em qualquer lugar e não deve ser isso a demover a intenção de visitar esta cidade fantástica.

Anónimo disse...

A minha ilha! Que bom que gostou e correu tudo bem. O aeroporto às vezes é que prega partidas e não é nada agradável...
Boa viagem até Londres! Às vezes também penso nessas coisas de terrorismo, violência mas depois também penso: "se viver com medo a vida inteira nunca mais saio da ilha." :)
Beijinho

Eva Luna disse...

Obrigada Pimenta!
Não vamos ao Madame Tussaud, isso já decidimos acho que vamos deixar também para uma outra oportunidade

Eva Luna disse...

É verdade, mas até agora não temos tido queixas do aeroporto, tem corrido sempre bem.

Pois. Não podemos condicionar a nossa vida a estas coisas, com medo, deixaríamos de viver

ML disse...

30euros ida e volta a Madeira? Também quero! Não conheço a Madeira e adorava lá ir!

Eva Luna disse...

Em época baixa os preços são bem acessíveis pela easyjet

Gil António disse...

Passando a fim de conferir uma excelente publicação.
Conheço as casinhas de Santana, a Piscina, e outros locais da Madeira. Já lá passei férias.
.
*Mulher; Flores e Borboletas, em sintonia poética (Poetizando) *
.
Votos de um dia feliz.

Flickr Images